Leitura

Estresse no local de trabalho: um desafio coletivo

capa_estresse_local_de_trabalho

(Em Inglês) Relatório elaborado pela Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Disponível online e em texto completo, o documento apresenta dados sobre estresse no trabalho, os motivos e os consequentes custos e impactos na população trabalhadora.

Anuncia, ainda, futuros cenários em um panorama global, indicando estratégias de prevenção e gerenciamento de riscos sociais.

Para ter acesso ao conteúdo, clique aqui

O Processo do Trabalho à luz do novo Código de Processo Civil

capa_novo_cpc_processo_do_trabalho

Baseado na vivência do autor no campo prático, o livro traz avaliações e comparações entre os sistemas processuais, considerando-se, por óbvio, o novo marco legal do processo civil.

Leonardo Dias Borges, é Juiz do Trabalho, desde 1993, Titular da 70ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, atualmente funcionando como Desembargador Convocado na Terceira Turma do Tribunal.

Atua também como professor universitário no Rio de Janeiro e no Espírito Santo na Graduação e Pós-graduação. Pós-graduado em Direito Político pelas Faculdades Integradas Bennett - Rio de Janeiro; Mestre em Direito pela Universidade Gama Filho - UGF.

Dissertação desembargador Grijalbo Fernandes Coutinho

A dissertação "Terceirização e acidentalidade (morbidez) no trabalho: uma estreita relação que dilacera a dignidade humana e desafia o direito" visa analisar o vínculo existente entre terceirização e acidentalidade ou morbidez no trabalho, avaliando criticamente, sob dimensões sociológicas e jurídicas, a influência do modo de gestão empresarial fragmentário da cadeia produtiva sobre a dignidade humana laboral.

Apresentado ao Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal de Minas Gerais para a obtenção do título de mestre, o trabalho é fruto da pesquisa desenvolvida pelo Desembargador Grijalbo Fernandes Coutinho.

O instituto da terceirização à luz dos direitos sociais

O artigo publicado na Revista Fórum Trabalhista apresenta conceitos do instituto da terceirização e analisa os problemas decorrentes da utilização da terceirização de forma predatória. Evidencia a proteção dos direitos fundamentais dos trabalhadores trazidos pela Carta Magna.

As autoras Juliana Giovanetti Pereira da Silva e Lais Giovanetti são advogadas e mestrandas em Direitos e Garantias Fundamentais pela Universidade Metodista de Piracicaba (Unimep).

Caso tenha interesse no artigo, consulte o acervo da Biblioteca Fernando Américo Veiga Damasceno ou peça a cópia digital do artigo no e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Mais Artigos...

  1. Cem Anos de Solidão
United Kingdom Bookmaker CBETTING claim Paddy Power Bonus from link.